11 de janeiro de 2016

11 livros para ler nas férias




Alôu alôu galera.


Esta que vos escreve está fazendo vários nadas desde a virada do ano, e olha, estão sendo momentos maravilhosos. 


Ok, após esse momento de idiotice gratuita, o assunto que interessa neste dia 11 é a minha lista com 11 livros que PRE-CI-SO ler nesses meses de férias.

A escolha dos títulos foi basicamente me perguntar "quanto tempo faz que esse livro tá aqui?", se a resposta fosse “muito”, ia pra lista. E TCHA-RÁN, lá vamos nós:


1) Um Porto Seguro – Nicholas Sparks:
 
 “A reservada e misteriosa Katie é a mais nova moradora de uma pequena cidade, onde todo mundo se conhece e troca ideias sobre a vida alheia. Ela foge de algo perturbador em seu passado e parece que a única forma de superar os medos e vencer os obstáculos é se abrindo para o amor.”
  Um Porto Seguro deve estar fazendo pelo menos dois aniversários na minha estante. Veio de uma daquelas promoções bombásticas do Submarino, mas acabou não engrenando na primeira vez que comecei a ler. Espero que dessa vez eu desencalhe do poço das leituras nunca terminadas esse pequeno calhamaço de 414 páginas.

2) O Morro dos Ventos Uivantes – Emily Brontë:
 
 Um clássico da literatura inglesa que conheci através da saga Crepúsculo (é o livro favorito da Bella) e fique curiosa pela história. Aproveitei o precinho e comprei a edição bilíngue, pra aproveitar e testar o inglês para leitura.

 Acontece que anos se passaram desde a compra e ainda não consegui passar da página 14. Vou precisar de uma força de vontade bem grande para encarar o ritmo truncado da história, mas de 2016 não passa! Mais um que quero desencalhar do pântano das leituras inacabadas. 

3) Alice – Lewis Carroll:
 
  Acho que esse dispensa comentários. Todo mundo já deve ter ouvido falar de “Alice no País das Maravilhas” alguma vez na vida. E com certeza tem muita gente que ama a história, outros que odeiam e uns que já tentaram ler milhares de vezes, mas nunca engrenaram na leitura (eu).  Acho a coisa toda meio pirada, mas antes de poder definir se amo ou odeio, preciso ler o livro inteiro. #persistência #senhordaimepaciência 

4) Azincourt – Bernard Cornwell
 
 A Batalha de Azincourt aconteceu durante a Guerra dos Cem Anos e é uma das maiores batalhas da história, que deu a Inglaterra umas das suas mais extraordinárias vitórias. Cornwell constrói um relato que apresenta a visão de vários setores envolvidos de alguma forma com a batalha.

Ou seja, 435 páginas bordadas de uma complexa história que requer tempo para ser degustada. Será que eu vou achar a leitura monótona ou vou conseguir sentir o patriotismo que provavelmente está impresso nas páginas?

Já sei da fama de bom escritor que o Cornwell tem, bora conhecer a escrita dele na prática.



 
5) Halo – Alexandra Adornetto 


 468 páginas recheadas com o clichê romântico “anjo se apaixona por humano e provoca as forças do mal, iniciando uma guerra que só o amor pode vencer”, Halo faz parte do time que mora no pântano das leituras inacabadas. Entretanto, lembro que parei de ler porque o filhinho é muito pesado e não dava para levar comigo sempre. Mas agora não tem desculpa, tenho tempo para descobrir se Halo é tão sem graça como a maioria fala ou se vou morrer de amores por anjos fofinhos e suas peripécias amorosas. 

6) Fugitivos – Carlos H. Barros

  Fugitivos é uma produção literária nacional que narra as aventuras de um grupo de amigos, atravessando os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco. Segundo a sinopse oficial, nessa viagem “iremos descobrir seus sonhos, seus medos, suas tristezas e suas alegrias, tudo envolto por muito suspense, perigo, romance e reviravoltas surpreendentes.”.

7) Louco aos Poucos – Libba Bray
 
  Só tenho a dizer que paguei muito barato nesse livro e não faço ideia sobre o que ele seja. De acordo com o Skoob é marromenos uma história mucho louca e cheia das coisas psicodélicas. Só me resta embarcar nessa viagem e descobri que fim vai ter.

8) Eu, robô – Isaac Asimov

  O meu mozão é aficionado por essas paradinhas da NASA, foguetes, descobertas espaciais, teorias matemáticas/físicas que explicam o universo e essas coisas tudo. Com a convivência, eu acabei tendo um pouquinho de curiosidade a respeito, e nada melhor do que o livro mais conhecido do maior expoente da ficção científica para clarear um pouco algumas questões.  Li “O Homem Bicentenário” do Asimov e achei a história bem divertida e com pontos de reflexão, estou bem curiosa para ler “Eu, Robô” que é o único livro que não tá fazendo anos na minha estante porque me dei no último Natal haha 


9) O filtro Invisível, o que a internet está escondendo de você – E. Pariser 
10) A Cultura da Participação – Clay Shirky 
11) Esse é meu tipo – Simon Garfield

   Essas três maravilhas foram compras baratas do site da Zahar, e são livros que eu chamaria de técnicos, e vão contribuir para “engordar” meus conhecimentos e aplicá-los a minha graduação (Produção Editorial).
  Durante o semestre quase nunca consigo focar nessas leituras, já que sempre tenho pilhas de textos técnicos para ler. Quando sobra um tempinho eu aproveito para ler algo fora do escopo vida universitária. Mas como agora é férias, não tem hora melhor para aprender :D

 


  Espero que nesses meses além de seguir fazendo vários nadas eu também aproveite o tempo para ler bastante, e quem sabe conseguir terminar fevereiro com uns 20 livros lidos. Ia ser um record na minha vida literária, será que eu consigo? :D

Adoro fazer listas, agora falta começar as leituras para poder riscá-las depois. Inclusive estou usando o skoob pela primeira vez para marcar os livros como metas de leitura e tentar documentar o progresso :D

Quem aí também já está com a listinha de livros escalados para ler nas férias/nesse ano?

Como esta é a primeira postagem do ano, quero aproveitar para desejar um feliz 2016 para vocês, que nosso ano seja maravilhoso em todos os aspectos possíveis.

4 comentários:

  1. Eu também deveria fazer isso, Lola :D
    Tenho vários livros aqui que (tadinhos) estão a séculos só empoeirando na estante :(
    Mas, aparecem tantos para passarem na frente, sempre... hehehe
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá! São muitos livros =D

    Desses eu tenho vontade de ler Alice, Eu,Robô e O Morro dos Ventos Uivantes. Esse Louco aos Poucos chamou a minha atenção Vou esperar por resenhas =D

    refugiorustico.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lola.

    Adoro metas que nem você, mas esse ano resolvi relaxar um pouco. :3
    Estou lendo o que me dá vontade. kkkk' Não li nenhum dos livros selecionados por você, mas ainda quero ler algo do Nicholas. >.< #Shame
    Que consiga atingir suas metas e que os nada sejam cheios de tudo que você gosta.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books

    ResponderExcluir
  4. Fugitivos parece ser bem interessante, fiquei com vontade de ler, então se não tiver afim, passa pra k, mas não deixa o coitado jogado na estante, haha. Assim como você, nunca consegui ler muitas páginas de Alice, mas um dia a gente consegue!
    Beijo e boas férias!
    http://capsuladebanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião alimenta minha criatividade, então você pode contribuir para um blog melhor simplesmente comentando :D Para dúvidas, sugestões ou bater um papo, mande e-mail para agarotadalivraria@gmail.com