18 de fevereiro de 2012

RESENHA | Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos + Surpresa


617 páginas, Dracaena
Exemplar de Parceria
 

Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos, o primeiro livro de uma trilogia que inclui fantasia medieval e seres que controlam elementos, os chamados mantares. Este livro começa contando a história de Maya Muskaf, uma integrante do mundo Magi que atualmente vive na Terra. Porém após começar a notar que está perdendo o controle sobre os mantares ela decide deixar de lado as desavenças com sua mãe, a governante do Mundo Magi e voltar para Meigan. Nessa viagem ela acaba por encontrar o corpo de um Cártago, um dos antigos Magis que traíram seu próprio povo e foram por isso banidos para outra dimensão. Maya se vê no meio de uma batalha onde suas dúvidas parecem se multiplicar a cada segundo. E a maior, e talvez mais inquietante delas, é se ela chegará a tempo em Katur, a capital de Meigan, para enfim encontrar sua mãe.

  Você acha que o escritor de Guerra dos Tronos é o rei internacional da ficção fantástica? Então hoje venho apresentar a vocês as rainhas nacionais deste gênero: Roberta Spindler e Oriana Comesanha. Em 617 páginas de puro talento, ação, magia, batalhas, traições e mistérios elas conseguem criar com maestria um mundo novo e em nenhum momento perdem o foco. Prepare-se para noites em claro onde o Mundo de Meigan vai roubar cada porção do seu fôlego. E com certeza vai roubar também o seu coração.

  Eu poderia começar essa resenha de muitas formas diferentes, mas é impossível conter minhas emoções. Por quê? Eu li um livro que me fez sentir frio na barriga, vontade de chorar, estapear a protagonista, depois abraçá-la, eu me diverti com o senso de humor de um dos personagens mais completos que já tive o prazer de conhecer. Fiquei apreensiva com um talvez futuro triângulo amoroso e confesso, torci para que acontecesse. 
  Eu li um livro incrível que em momento nenhum me cansou, apesar de suas 617 páginas, eu me surpreendi tanto com o desfecho final que estou anestesiada até agora. Você consegue entender o quanto eu gostei de um livro que mesmo sendo enorme, se dependesse de mim não teria fim? Caros leitores, é assim que tento descrever um pouco das emoções que tive ao ler Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos.

   Um enredo que surpreende já no prólogo, que tem uma construção que eu achei perfeita. Ele funciona como uma introdução ao Mundo de Meigan, descrevendo sua criação em termos práticos, sem enrolação ou divagações desnecessárias.
  A princípio você poderá estranhar os nomes que não são nada casuais, contudo isso é mero detalhe. Em algumas páginas você já se considera um habitante desse mundo fantástico e em muitos momentos se pega chamando os personagens pelos nomes e dando conselhos. Ou passando sermão. É gente, Meigan faz isso com você.

   A garota Maya é a filha da atual soberana de Meigan, Liza Muskaf. Devido a relação conturbada com a mãe, ainda jovem Maya saiu de Meigan e veio viver entre os humanos. Abalada por uma estranha doença que a acometeu na infância após anos afastada de seu mundo ela engole seu orgulho e decide partir de volta para o seu mundo na próxima caravana. Mas ela não poderia ter escolhido um momento pior para retornar.

  Em meio ao caos de um ataque surpresa dos violentos Cártagos, traidores dos Magis que há muito tempo foram banidos para outra dimensão, Maya se desespera ao imaginar a possibilidade de não ter a chance de encontrar sua mãe viva. Durante sua luta para chegar ao seu destino ela ganha a proteção do Sétimo Guardião, um dos responsáveis por garantir a segurança dos portões do Solo Sagrado.

   Em um enredo bastante intrincado, com inúmeros personagens bem construídos não posso deixar de destacar um: o Sábio. Maya encontra esta figura engraçada, misteriosa e muito gentil em sua fuga pela Floresta dos Condenados. O senso de humor dele agita boa parte do livro.

“-Nossa, eu não sei por que se preocupar tanto com isso, eu não vi nada. Ou melhor, quase nada. (...) Bom, eu vi tudo sim, mas não precisa me olhar desse jeito. Eu juro que não contarei que você está com umas gordurinhas... Ei, calma! Estou brincando!”

   A relação de amizade que surge entre Maya e o Sábio emociona. Ele apesar de idoso tem uma alma jovem, ainda que seus segredos o impeçam de se abrir totalmente com Maya.

   Seth, o guardião, acompanha os dois em grande parte da jornada, e sua relação conturbada com Maya me deixa em êxtase.

"Ele deu um passo para trás, atordoado com aquela mudança de comportamento. Era tão difícil assim perceber que a única coisa que ele queria era protegê-la? Agora tinha certeza de que fora um idiota por se preocupar com aquela garota. Sem dar explicações, deu as costas para ela e voltou para a extremidade do pátio. Só queria sair dali."

   É necessário destacar dois aspectos que saltam aos olhos durante a leitura.

   Um deles é que sendo um livro escrito a quatro mãos poderiam ocorrer mudanças sutis na forma de escrita ou alterações bruscas de estilo. Isso não acontece em momento algum. Oriana e Roberta funcionam perfeitamente escrevendo juntas, formam uma dupla entrosada que não falha.

   O segundo aspecto é que neste livro não existem páginas descartáveis. Sem enrolação nem parágrafos e mais parágrafos recheados de inutilidades. Sabe aquela velha mania que alguns autores têm de, com todo respeito, encher linguiça? Pois é, Contos de Meigan está livre desses males.

   Feitas todas essas observações só tenho uma coisa a dizer: depois de quase surtar com o final totalmente enigmático e surpreendente e de quase enlouquecer a Roberta Spindler com meus e-mails super sutis do tipo: “Fala que a continuação sai esse ano? Por favor? Pooor favoor!” ela prometeu que ela e a Oriana estão se dedicando bastante para seguir com o nível de qualidade da história e que assim que for possível a continuação estará disponível.

   Leitura total e incondicionalmente recomendada. Estou roendo os dedos de ansiedade para ler o próximo volume.

Adendo: Se você desejar adquirir este primeiro volume ele está em promoção na compra diretamente com as autoras, o livro vem autografado e os 5 primeiros que comprarem ganharão um pôster ilustrado de um dos guardiões. O preço do livro nessa promoção de carnaval está em R$ 39,90 [era 54,90] e para comprar você só precisa mandar e-mail para contosdemeigan@gmail.com solicitando maiores informações.


S U R P R E S A: S O R T E I O DE M A R C A D O R E S


  Quer ganhar marcadores do livro? Basta deixar um comentário com conteúdo nesta resenha, [nada de “legal” nem “Oba, quero ler” nem variações desse tipo.] até a meia noite do dia 20.03.2012 (horário oficial de Brasília), junto com o seu nome de seguidor do blog e o seu twitter/e-mail.
  O sorteio será realizado pelo Random.org e o ganhador será avisado via twitter [ou por e-mail] tendo 3 dias para enviar seus dados.

Beijinhos!

13 comentários:

  1. Oi Lola
    Uau, eu não sabia que se tratava de um livro de ficção fantástica.
    Sua resenha ficou ótima. Amei o quote e morri de rir na parte: "Eu juro que não contarei que você está com umas gordurinhas... Ei, calma! Estou brincando!”
    Quero muito ler.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. O livro já chama atenção pela capa.
    Vi a entrevista das meninas, e já sei que é um guardião, rs.
    O que mais anima no livro, é a quantidade de folhas.
    Recebi o meu exemplar semana passada e vibrei!
    Por ser um livro escrito por duas amigas, acho que o mesmo não ficou deslocado, como vc disse, demonstrando bem a interação das duas.
    Parabéns pela resenha.
    ;D
    Bjs,

    Caçadora de Livros
    @c_delivros

    ResponderExcluir
  3. A comparação com 'Guerra dos Tronos', que é tão elogiado, me ganhou. A capa é linda também, mas a sua empolgação na resenha contamina Lola rsrsrs.
    Amo livros desse gênero, vou adicionar no skoob para aquisições futuras.

    Amei o meme.
    Já li resenhas negativas e positivas sobre Nascida a meia noite, então nem sei o que esperar.
    As capas de 'A mediadora' e 'Sob a luz da Lua', me chamam demais a atenção. Pena que tenho um pé atrás com a Meg Cabot, rsrs

    Beijos
    Leitora Incomum

    ResponderExcluir
  4. Oi Lola,

    Não conhecia esse livro ainda, nossa mais parecer ser um ótimo livro, por se trata desse tema de ficção fantástica o livro já me ganhou rs, agora lendo a sua resenha já tenho que colocar na minha lista de livros urgentes rs
    Flor amei sua resenha parabéns!

    Beijos
    marikitty--13@hotmail.com
    http://marifriend.blogspot.com/
    @storiesandadvic

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha! Sou fã de carteirinha de Meigan! Amo o livro, o mundo criado e n vejo a hora de ter o segundo nas minhas mãos!!

    ResponderExcluir
  6. Ai esse livro parece ser tudo! Quando o livro é bom mesmo a gente fica até feliz de ter muitas páginas para ler ainda, né? Fiquei com muita vontade de ler! Mais um pra lista de compras!

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

    ResponderExcluir
  7. A resenha está ótima. Muito obrigada por todos os elogios =)

    ResponderExcluir
  8. oi, Lola!
    O teu layout é igual ao do meu blog O.O hehe
    Adorei a sua resenha, recentemente também resenhei Meigan e estou apaixonada pela história, com Depressão Pós-Livro. Espero a continuação, o tempo que for preciso, porque sei que as meninas vão fazer um ótimo trabalho o//

    Beijos e parabéns pelo blog!

    This Gomez
    Canto e Conto

    ResponderExcluir
  9. Bem, depois dessa resenha ESPETACULAR sobre um livro que parece ser FANTASTICO, o que mais posso dizer exceto: QUERO ESSE LIVRO AGORAAAA!

    Parabens Lola!!!!

    Beijoooooos

    ResponderExcluir
  10. Não precisava nem ter lido toda a resenha. Só as palavras 'fantasia medieval' na sinopse já me deixou encantada, preciso muito ler, e poxa, ainda tem promoção. *-*
    Eu ja tinha ouvido falar do livro visto no twitter e no site da editora mas não achei que o livro era assim :O

    @pausaparaumcafe
    Anna Schermak Alves
    annaschermak.mkt@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Lolaaaaaaa, que resenha foi essa?! Tô surtando aqui *abana* porque preciso desse livro agora!
    A sua empolgação salta do texto e eu simplesmente adoro quando o resenhista deixa aflorar os sentimentos que a história provocou nele. Você foi completamente arrebatada por Contos de Meigan, do qual eu já ouvi falar muito bem e agora, mais do que nunca, tenho certeza de que é leitura imperdível pra mim. P-R-E-C-I-S-O.

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa sua resenha está perfeita, eu ainda não conhecia o livro, e se a comparação pode se igualar ao autor de Guerra dos Tronos então deve ser realmente uma leitura excelente. To bem curiosa pra conhecer.
    http://leiturasdepaty.blogspot.com/

    *Paty*
    @leiturasdapaty
    leiturasdapaty@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha e estou tentando comentar mais uma vez! Amor capas lindas como essa e histórias de magia :)

    daniele moreira
    @danielehon
    daniviolino@hotmail.com

    ResponderExcluir

Sua opinião alimenta minha criatividade, então você pode contribuir para um blog melhor simplesmente comentando :D Para dúvidas, sugestões ou bater um papo, mande e-mail para agarotadalivraria@gmail.com